Entrevista com Monica Rodrigues

Share Button

O vôlei foi criado em 9 de fevereiro de 1895 por William George Morgan nos Estados Unidos da América. O objetivo de Morgan, era criar um esporte de equipes sem contato físico entre os adversários, de modo a minimizar os riscos de lesões.

No ano de 1964 o voleibol passou a fazer parte do programa dos Jogos Olímpicos, tendo-se mantido até a atualidade. Já na praia O voleibol (denominado Volei de praia) surgiu a partir dos jogos de voleibol disputados socialmente na praia de Santa Mónica na Califórnia, EUA, na década de 1920, tendo chegado à Europa na década seguinte.

No Brasil, há noticias de que o Volei de Praia já era disputado na paraia do Caju nos anos 50.
Mas só em 1996 o esporte chegou nas olimpíadas de Atlanta.

20110829151043

 

Na final, o Brasil foi representado no pódio por duas duplas brasileiras: Jacqueline e Sandra, que conquistaram a medalha de ouro, e Adriana e Mônica que ficaram com a prata.
Por isso é impossível falar de vôlei de praia, sem citar de Monica Rodrigues.Confira o ’bate-papo’ que tivemos com a campeã das areias, Monica Rodrigues.

1. Como você começou no esporte e por que o vôlei de Praia?
Fui convidada para jogar um torneio no Chile, em 1990 e em 1991. Ainda jogava indoor num time do Rio chamado Rioforte. Em 1992, resolvi que queria jogar na praia por ter adorado o jogo e por ser ao ar livre. Foi um tiro no escuro, pois não existia nenhum torneio de praia no Brasil. Minha dupla ( Eu e Adriana) foi uma das primeiras a existir no Vôlei de Praia no Brasil. Só existia nos EUA.

2. Qual é a maior dificuldade para quem o pratica?
Hoje existem várias escolinhas de vôlei de praia. A maior dificuldade é que requer um investimento inicial e a maioria não consegue participar dos torneios e acaba desistindo. Muitos talentos são perdidos por falta de apoio à estrutura: Técnicos, musculação, nutricionista e viagens (passagem, hospedagem e alimentação).

3. Qual foi a emoção de ter sido medalhista na primeira olimpíada onde, o vôlei de praia foi inserido?
Com certeza uma realização. Você ver que tudo que você investiu deu certo é muito bacana! Foi muito emocionante estar fazendo parte da Olimpíada de Atlanta e ainda mais ter voltado com uma medalha de prata no peito. Eu e Adriana fomos as 1as mulheres da história a ganhar uma medalha olímpica, pois nosso jogo acabou primeiro que o da Jackie /Sandra…rsrsrsrs

4. Qual o momento mais inesquecível da sua carreira?
O mais inesquecível foi o jogo pelas semi-finais: Eu/Adriana x Cook/ Potharst (dupla australiana). Esse jogo foi impecável, não erramos! Ganhamos de 15×3 e passamos para final. Não parávamos de correr pela quadra , foi realmente o máximo!!!

5. Quando você decidiu encerrar sua carreira?
Quando meu ombro saiu do lugar, decidi ficar 100% boa. Para isso tive que parar 6 meses. Já tinha 38 anos e parar de saltar 6 meses, realmente é difícil. Não voltaria no nível em que me encontrava e resolvi parar. Não ia conseguir não atacar bem uma bola sem bloqueio….

6. O que o vôlei de praia trouxe de benefícios para sua saúde?
É um esporte que exige muito condicionamento físico. Ficamos mais resistentes, pois jogamos com qualquer tempo ( frio, sol, vento, chuva, gelo, etc.). Com certeza qualquer esporte traz benefícios à saúde.

7. O que você levou do vôlei de praia para sua vida?
Muitas coisas. No vôlei de praia, ficamos muito expostas. Eu era uma pessoa muito tímida e melhorei muito por conta desta exposição (entrevistas, eventos, programas de TV, etc.). Tive que me superar em várias ocasiões.
Mas, a principal delas é a determinação. Sem ela não conseguimos os resultados. Determinação, Superação e Confiança em si próprio. Querer chegar perto da perfeição, senão resultados não aparem.

8. Atualmente você pratica um esporte que está se tornando tendência nas areias brasileiras: Beach Tennis. Como você conheceu esse esporte? Você acha que ele tem futuro?
Um amigo me levou para conhecer o esporte na praia. Gostei e levei para o meu ponto na praia, Posto 10. Acho que tem futuro desde que tenha organização e profissionalismo.

9. Hoje, qual é a sua rotina?
Hoje dou aula de beach tennis e treino jovens atletas do Vôlei de Praia. Atletas que querem ser profissionais.

10. Qual foi o titulo mais importante da sua carreira?
Com certeza a Medalha de Prata na Olimpíada de Atlanta, em 1996.

11. Quais são seus planos futuros?(Pode falar um pouco do CT)
Ter apoio para meu CT para poder dar oportunidade a mais duplas e poder dar aos atletas a estrutura necessária para um crescimento global, tanto como atleta como pessoa.

12. Qual o incentivo que você dá para quem quer começar a praticar vôlei de praia?
Nunca desistir dos seus sonhos. Se quiser ser um profissional vencedor, precisa ter
muita dedicação e determinação para melhorar a cada dia.